Estou desempregado(a)! E agora?
Escrito porRoney Madureira- 27/10/2016
É cada vez maior o número de pessoas que, pertencem a classe de profissionalmente  ativos, estão desempregadas. Os motivos desta situação não é nenhuma novidade para ninguém. Nosso país, assim como outros, estão passando por crises econômicas e políticas. Recentemente vimos por exemplo, a decisão do Reino Unido de sair da união europeia, e muitas ações políticas como estas, afetam diretamente o cidadão comum que precisa de um emprego para poder manter a si mesmo e a sua família e o resultado é que por decisões de alguns muitos padecem.  

Mas nunca podemos esmorecer frente a um desemprego, muito pelo contrário, a ideia é melhorar, criar estratégias e reagir, tentar buscar todos, MAS TODOS MESMOS, caminhos para poder se recolocar no mercado. É necessário ter muita paciência e persistência, acordar todos os dias com o firme propósito de encontrar um trabalho e não ter preguiça desta etapa, porque o que fará alguém ter sucesso são as tentativas que fizer. Eu fiz uma breve analise de quais são os possíveis caminhos que alguém deve seguir neste momento, e talvez possam lhe ajudar nesta nova etapa.  

As mudanças no campo do trabalho são constantes, há por exemplo, profissões que já não existem mais, ou que são menos buscadas, assim como novas profissões que surgem a cada dia. Há uns 15 ou 20 anos atrás a forma mais comum de buscar trabalho era através dos jornais, eu era bem pequeno mas me lembro de ver meu pai circulando num jornal as ofertas que lhe interessavam, isso mudou em absoluto, hoje o meio mais comum é a internet. Por isso, minha primeira dica é: Se você não sabe ou não domina muito bem é hora de investir nisso, aprenda e com a máxima propriedade a usá-la. Aqui no nosso site você pode encontrar vários cursos e artigos que ensinam gratuitamente, vai do seu interesse conseguir dar mais esse passo.
Observe com muita atenção esses itens abaixo:  

Bom currículo e boa formação 

Seu currículo deverá sempre ser enviado para o e-mail do empregador e, a primeira coisa que será visto é a sua apresentação, por isso vale a pena caprichar. Quando digo caprichar não é encher de cores, mas sim escrever muito bem, cuidar do português, fazer com que ele tenha uma aparência bonita, que informe o essencial do seu perfil e das suas experiência. Sugiro que busque na internet modelos de bons de currículos, assim como dicas de como produzi-lo eficientemente, há incontáveis sites com estas informações. Também pode ser legal pagar alguém especializado neste assunto para poder olhar seu currículo e assim apontar o que deve ser melhorado, essas pessoas costumam estar nas agencias de emprego ou nos RH das empresas.

A formação escolar também é muito importante para deixar o seu currículo interessante, busque escolas boas para fazer seus cursos, faça cursos online gratuitos onde você pode imprimir os certificados. Tente se especializar, existem uma séries de escolas técnicas gratuitas onde depois de um ou dois anos você já terá uma nova profissão, e lembre-se que nunca é tarde para começar uma nova profissão. Não faça qualquer curso em qualquer escola, pense muito antes de começar, afinal você gastará tempo e as vezes dinheiro.
Depois de ter seu currículo bem produzido e bem preparado existem várias formas dentro e fora da internet para começar a buscar seu trabalho.  

Redes sociais

Nas redes sociais como o Facebook você encontra grupos de trabalho locais onde postam as vagas disponíveis. Se vincule em todos os grupos que você puder para não perder oportunidades. Em outras redes como o Twitter você também pode ver algumas vagas, alias vale a pena deixar seu perfil do Facebook de uma forma legal, muitas empresas antes de chamar alguém para entrevista entra no perfil pessoa para conhece-lo um pouco mais.    

LinkdIn

O LinkedIn é uma rede social especifica para o mercado de trabalho, e a maioria das empresas já estão lá, assim como muitos dos seus amigos. Lá você pode montar seu perfil com todas as suas informações profissionais e se vincular à pessoas e à empresas que informam as vagas disponíveis. O LinkedIn não é complicado de usar, mas demandará um pouco do seu tempo para montar seu perfil e se vincular às empresas, mas vale muito a pena, já conheci muita gente que se recolocou no mercado trabalho através deste maio.    

Agências de empregos

Existem uma série de agências de empregos físicas e online, que você pode pesquisar onde estão para poder ver as vagas que eles tem assim como para mandar seu currículo, desta forma eles podem lhe contatar quando tiverem algo para seu perfil profissional. Esse saída é muito simples e dá bastante resultado.  

Jornais

Ocorre muito pouco, mas ainda é possível encontrar algumas vagas nos jornais locais na parte dos classificados. Se você achar interessante, não custa tentar.    

Sites especializados

Existem vários sites onde você pode se cadastrar para encontrar um trabalho bom, costumam ser ótimos mas o único problema é que você precisa pagar. Por exemplo, temos a Catho onde você terá acesso a milhares de vagas de Trabalho. Confira!    

No site da própria empresa

Entre no site das empresas que você tem interesse em trabalhar, a maioria das páginas tem um campo onde diz RH ou trabalhe conosco, ali você pode cadastrar seu currículo e verificar as vagas que estão disponíveis. Essa é uma boa alternativa.  

Indicação de amigos

Peça indicação para seus amigos, escreva, diga que você está buscando trabalho, pergunte se alguém conhece alguma coisa. Tenha uma boa relação profissional, assim seus amigos podem lhe indicar quando puderem, isso se chama Networking.  
As vezes pode ocorrer também da sua profissão não ser tão solicitada, por isso vale a pena tentar buscar outro ramo. Não é nada absurdo estudar e começar a trabalhar com outra coisa, basta fazer tudo com muito amor que dá certo. Ainda existe a opção de estudar para prestar um concurso público e trabalhar num lugar que lhe dá estabilidade e bom salário, só precisa estudar muito, ou ainda montar seu próprio negócio.  

Não faltam alternativas, somos seres adaptáveis e devemos usar todo nosso potencial para vivermos melhor e com dignidade. Caso necessite de alguma ajuda neste processo de encontrar trabalho, nos escreva, vamos lhe ajudar como pudermos.  

Boa sorte!
Sou um cidadão do mundo e, neste momento decidi fixar moradia no país do meu coração, A Colômbia. Estudei filosofia e ética na PUC de Campinas e, atualmente destino meu tempo principal como programador de conteúdos de aprendizagem da fundação GCFAprendeLivre.org. Gosto de tudo aquilo que pode elevar meu espírito e fazer do meu mundo um lugar melhor, como as artes, a literatura, a música, a dança e mais. Acredito de verdade, que a vida é para ser sentida e desfrutada.